domingo, 5 de abril de 2009

Boato ou fato? Astra volta para Cacá Daud

Vectra FLTD: 9,3 já na estréia

Como todos que frequentam o 1320 sabem, ontem e hoje o Velopark sediou o GP FuelTech de arrancada. A competição teve muitos destaques, como por exemplo a grande evolução dos carros V8 da Categoria Import, com os dois Camaros e o Mustang virando na casa dos 8 segundos, o Audi A3 tubular da Belquip andando também nos 8 altos, os golzinhos da Turbo A virando na casa dos 10 baixos, a incrível puxada do Lancer Evolution de André Navarro na casa dos 9,4, ou ainda a estréia do Vectra FLTD de Cacá Daud virando na excelente casa dos 9,3, já na primeira participação do carro.

Mas por falar em André Navarro e Cacá Daud, foi justamente com esses dois que aconteceu um fato que movimentou os boxes do Velopark no domingo. Como os fãs mais ardorosos e antenados da arrancada sabem, ao decidir levar a cabo seu projeto de mudar para a categoria FLTD, Daud colocou a venda seu antigo carro, o famoso e soberano recordista Astra Turbo A.

O objeto da polêmica: Astra DT-A, na foto pilotado por André Navarro pela FLD

O incrível Lancer Evo de André Navarro: 9,4 em 402 metros

O Astra teria sido vendido completo e com o mesmo acerto do recorde, por cerca de R$100.000,00. O comprador foi André Navarro, o mesmo piloto do rapidíssimo Lancer Evo da Import. Infelizmente Navarro não conseguiu replicar os tempos recordistas de Daud nas provas em que participou com o Astra.

No GP FuelTech a situação não estava aparentando melhoras. O Evo apresentava excelentes resultados na pista, firmando-se como o 4x4 mais rápido do Brasil e o Astra não conseguia se equiparar aos ponteiros da DT-A, a antiga Turbo A. A coisa piorou ainda mais quando o Astra acabou pegando fogo. Felizmente não ocorreram danos, porém em um certo ponto, quando perguntado sobre os resultados do dia, Navarro teria desabafado algo como: "Tudo ótimo, só esse Astra (o qual teria sido definido por um adjetivo pejorativo) é que não vira tempo..."

A declaração automaticamente se tornaria uma saia justa, pois Daud estava próximo ao local e teria se aproximado e dito que se Navarro "não queria mais o carro, ele compraria de volta". Segundo testemunhas, Navarro retrucou com a seguinte frase bombástica: "Vamos ver então se você tem três bolas: Faça um cheque agora na metade do valor que eu lhe paguei e pode vir pegar o carro." Em poucos minutos Cacá teria voltado com o cheque em mãos e rebocado o carro para seu box, causando um grande rebuliço. Nesse momento a chuva já tomava conta do complexo e não se falou mais em outro assunto na área dos boxes.

Calibra de Anderson Dick: 10,6 nos 402m, mesmo apresentando problemas por volta dos 300m

Se as coisas ocorreram exatamente dessa forma, se houve ou não um desentendimento, só quem viu o ocorrido pode dizer com certeza. Na verdade tudo o que corria nos boxes eram apenas boatos, em nenhum momento confirmados por nenhum dos pilotos. Outra coisa que jamais foi confirmada foram os valores. Não sabemos se as coisas foram realmente assim, ou se essa é apenas mais uma lenda da arrancada. Se qualquer um dos pilotos tiver interesse em esclarecer melhor a história, o 1320 naturalmente abrirá espaço para que os boatos sejam substituídos por fatos.

Mas é também um fato, que o Astra voltou nesse final de semana para as mãos do piloto que o idealizou, construiu e levou ao recorde até hoje invicto de 10,8 com pneus de rua.

Fotos retiradas de www.digitalracing.com.br

8 comentários:

  1. que superhomem nada meu heroi é o caca daud s2

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Tenho todas as revistas onde sairam reportagens sobre o caca desde o gol gt ate a ultima superspeed. Caca vem pro open day dia 25 autografar elas pra mim .

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. incrível! se eu lesse isso de alguém que não conheço, diria que é conversa fiada...

    ResponderExcluir
  6. coisa de loco, mas e agora...
    Quem tem trez bolas? quem pagou pelo carro ou quem cumpriu com a palavra e entregou o veiculo...
    o mais importante é que o carro volte para as pistas e não importa na mão de quem...
    pq os carros e pilotos que fazem o espetaculo.

    ResponderExcluir
  7. Eu tava bem do lado e foi exatamente isso que aconteceu, caca é galo pra caralho!!!

    ResponderExcluir

Seguidores